Coordenador: Francisco Branco

História do Serviço Social em Portugal
O acesso às fontes históricas é um recurso fundamental para a compreensão da acção das profissões e da(s) sua(s) identidade(s) profissionais.
Em Portugal existe muita documentação dispersa e em risco de se perder definitivamente. Uma parte significativa desta informação, nomeadamente a relativa à emergência e institucionalização do serviço social entre nós, encontra-se na mão de particulares, tendo vindo a ser manifestado ao CESSS, a vontade de doação desta documentação, isto para alem daquela que tem vindo a ser recolhida através das actividades de pesquisa do CESSS, praticamente desde o seu início. Assim, uma das intenções fundamentais desta sub-linha de pesquisa sobre História do serviço Social, visa a criação de um
Núcleo de Documentação da História do Serviço Social.
Visa-se assim, recuperar, organizar e manter documentação e informação relativa à profissão de serviço social no país, com particular incidência na fase da sua emergência e consolidação e também no contexto que enquadrou o seu desenvolvimento
Procura-se ainda contribuir para um melhor conhecimento da profissão através da conservação organizada de fontes acessíveis aos investigadores e da recolha de trabalhos e referências de vária natureza sobre o Serviço Social em Portugal.
Proceder à recolha e organização de espólios documentais sobre a história do Serviço Social em Portugal e instalação do Núcleo de Documentação da História do Serviço Social em Portugal como acervo documental e de suporte à investigação presente e futura neste domínio.
Pretende-se igualmente conceder uma particular atenção às actividades de divulgação neste domínio específico.
Em articulação estreita, com clara autonomia, pretende-se ainda desenvolver uma sub-linha de investigação da História do Serviço Social em Portugal (etapas do ensino e formação profissional, organizações empregadoras e políticas sociais de enquadramento, práticas profissionais, etc.), conjugando pesquisa documental e história oral

Artigo Santos, O Discurso Histórico sobre o Serviço Social em Portugal
Livro Santos, O Discurso Histórico sobre o Serviço Social em Portugal
• Série Biografias Profissionais


Formação em Serviço Social: Caminhos e Encruzilhadas

Fomentar a investigação sobre a formação em Serviço Social mormente nos campos da Ética e Deontologia e Formação Experencial
Branco WorkPaper, Formação de Assistentes Sociais em Portugal: Breve perspectiva histórica e análise curricular da formação superior em Serviço Social pós reforma de Bolonha



Serviço Social: Teorias e Debates
Esta linha da pesquisa pretende explorar e aprofundar a compreensão das principais correntes actuais de pensamento em Serviço Social e da influência neste campo dos principais debates teóricos no âmbito da teoria social em general.
Ao mesmo tempo, pretende-se reflectir e analisar as questões críticas que balizam o Serviço Social na actualidade. Nomeadamente, propõe-se desenvolver a análise das principais mudanças societárias na actualidade – incluindo os fenómenos da globalização, da informacionalização, da fragmentação do mundo do trabalho, da reconfiguração dos laços sociais, do risco e incerteza, entre outros - e em suas implicações para o Serviço Social como prática profissional e como campo da produção do conhecimento.
Artigo Amaro, Os campos paradigmáticos do Serviço Social: proposta para uma categorização das teorias em presença
Artigo Branco, A investigação em Serviço Social em Portugal: trajectórias e perspectivas


Serviço Social: Contextos e Campos de Intervenção

Incentivar a investigação sobre os Contextos e Campos de Intervenção em Serviço Social, com especial atenção ao domínio da intervenção em serviço social no domínio da saúde
Oliveira, O Virar da Seta-Factores Positivos em Vidas de Jovens em Risco (ISBN 978-972-94-0268-9)
Joaquim, O Serviço Social nos Centros Paroquiais (ISBN 978-972-94-0180-4)

Serviço Social e Profissões Sociais

Esta sub-linha de pesquisa pretende favorecer a investigação sobre o Serviço Social como profissão, mobilizando as perspectivas analíticas da sociologia das profissões quer na sua abordagem das profissões como atributos quer das profissões como poder.
Pretende-se igualmente explorar teórica e empiricamente a dimensão de género no estudo do Serviço Social e das profissões sociais, seguindo a hipóteses teóricas abertas quer pela abordagem das «care profession quer das «profissões femininas ou de mulheres», cruzando as problemáticas das identidades profissionais e das identidades pessoais. Pretende-se ainda neste domínio, progredir no estudo das mutações no campo das profissionais sociais sob a influência da reconfiguração do Estado Social e das dinâmicas societárias em curso na designada modernidade tardia, conferindo particular atenção ao estudo comparativo no âmbito europeu.
Branco Artigo, Serviço Social e profissões sociais em Portugal: Dinâmicas e mutações de um campo profissional




Centro de Estudos de Serviço Social e Sociologia